Domingo, 6 de Maio de 2007
Eu gosto de ti…
Flor23.JPG
N

um tempo distante deliciava-me a escutar o teu coração:fechava os olhos, e num palpitar relaxanteouvia-te falar internamenteadivinhando cada palavra, cada emoção,se estarias triste ou contente,e em cada sorriso teu na minha mente com muitas imagens e com muito sabor,sabia: que da minha mãe, tudo o que vem para mim, é amor.João Amendoeira Peixoto (poema e fotografia) para a minha mãe, com amor.


publicado por Joao Amendoeira às 15:28
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De Maria a 13 de Julho de 2008 às 16:42
Como é bom sentir o amor dos filhos de forma tão ternurenta! Um coração de mãe transborda de emoção e alegria. É indiscritível... Nunca deixe de manifestar os seus sentimentos de forma tão bela! Nunca permita que essa vivência que está a proporcionar à sua mãe se transforme em desilusão. Parabéns a ambos!


De cristina a 2 de Novembro de 2007 às 20:13
Lindíssimo... :')

e é tão bom sentir que elas são e serão a nossa eterna paixão!

Parabéns


De sandra a 30 de Junho de 2007 às 21:35
Acho fantástico, este poema. E a verdade é uma, a mãe de cada um é muito especial.


De Mnica a 4 de Junho de 2007 às 22:18
E não há ninguém que nos compreenda e goste de nós tal e qual somos, como a nossa Mãe :o) beijinhos


De Giraflor a 20 de Maio de 2007 às 00:54
Mãe...é mãe (:**


Comentar post

SOBRE MIM
JOÃO AMENDOEIRA
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Oceano

Sentimentos apetecidos

Alambique

Apetece

Hollywood, Chá Preto e Pa...

Sonhadora

Pelos Olhos (Parte III)

Pelos Olhos (Parte II)

Pelos Olhos (Parte I)

Amigo...

arquivos

Fevereiro 2013

Abril 2012

Fevereiro 2012

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

BLOGUISTAS
Em Fuga Júlio Perestrelo Umbigo na testa Mandarina Momentos e Olhares O Chapelhudo Próximo Futuro Rotação dos Tempos Sem Linhas
SOBRE MIM
JOÃO AMENDOEIRA
blogs SAPO
subscrever feeds